Artista em Pauta: Cibele Santarosa do Coisas de Saturno

A Artista em Pauta de hoje, Cibele Santarosa, é gaucha, autodidata, compartilha o caminho do autoconhecimento através das suas ilustrações. Ela é idealizadora do Coisas de Saturno, onde desenvolve trabalhos utilizando diversas técnicas como aquarela, nanquim, giz em pastel e canetinhas, e recentemente lançou uma coleção de camisetas e ilustrações em livros. 

Sobre a artista Nasci no interior de Bento Gonçalves – RS. Cresci com os pés na terra e a cabeça nas nuvens. Sempre senti uma forte conexão com a natureza, sempre me senti em casa. Na época não sabia muito bem o que isso significava, por ser da roça, não tinha acesso ao mundo exterior, eu tinha meu próprio mundo e tive a bênção dele ser incrível. O desenho faz parte da minha vida desde que me entendo por gente. Nunca fiz curso. Desenhar é como respirar pra mim. Lembro que amava, que ficava horas imersa nessa atmosfera. Mas o tempo foi passando, e como a maioria dos adultos, fui esquecendo o que fazia meu coração vibrar. Fui atrás de uma profissão que desse dinheiro, afinal desenhar não me traria um futuro feliz. Passei anos nessa crença e esqueci do desenho e do mundo mágico que vinha com ele. Até que em 2018, o Universo resolveu me colocar frente a frente com esse dom. Fui arrancada da minha “zona de conforto” e tentando driblar a crise, voltei pro mundo do lápis e da folha em branco. Nessa época comecei firme minha caminhada em busca do autoconhecimento. Comecei a perceber o quão maravilhoso é aquietar a mente e ir ao encontro de nós mesmos. Queria muito dividir isso com as pessoas, afinal a meditação estava me fazendo um bem danado, comecei a ver o quanto estava crescendo como pessoa, e acima de tudo, o quanto estava aprendendo a ser gentil comigo mesma, aceitando os erros, encarando as sombras e percebendo que tudo vem pra nos ensinar. E sem querer, fui criando ilustrações que mostram esse processo. A conexão de tudo, o poder do Universo, o poder que todos temos dentro de nós. Acredito que todos viemos com um propósito e que a verdadeira felicidade é poder realiza-lo aqui na Terra.

Imagens: acervo da Cibele Santarosa

Quais são suas ferramentas de trabalho? Gosto de experimentar várias técnicas. E sou de momentos, tem a fase da aquarela, nanquim, giz pastel, canetinha. Tem a fase do tablet. Não me apego a técnicas, acho que engessa o processo. Desenho e pinto deixando minha intuição falar. Muitas vezes, sento em frente à uma folha em branco e entro numa espécie de transe, porque quando dou por mim, estou segurando um desenho que toca me coração.

Como funciona o seu processo criativo? Por ser muito visual, tenho uma memória fotográfica incrível, e gosto de alimentá-la com exposições, filmes, livros. Sou a louca do pinterest, rs Mas o que mais me alimenta é a natureza. Acontece sempre algo mágico quando estou nela, parece que minha percepção se expande, é transformador. Como moro numa megalópole, não consigo ir pro mato sempre que gostaria, então minha casa é cheia de plantas, mas cheia mesmo. Acordo de manhã, faço minhas meditações, coloco mantras, baixo a guarda e deixo o Universo me usar. Tenho uma playlist de músicas Xamânicas que me inspira muito. Também sempre faço o exercício de me manter no presente. Isso ajuda a limpar a mente e não bloqueia as inspirações. Tô aprendendo que o agora é a única coisa certa que temos. Deixar a mente no passado ou colocá-la no futuro, só gera ansiedade. E sabemos bem que a ansiedade paralisa o que podemos construir de bom.

Qual é o seu maior desafio? Meu maior desafio foi me aceitar. Sou muito crítica comigo mesma, ficava comparando meu traço com um traço hiperrealista, por exemplo, e achava que meu trabalho não era artístico. Tinha muita dificuldade até de pronunciar que eu era ilustradora, tinha medo do que as pessoas iriam falar. Depois que passei a olhar pro meu trabalho como algo único e dei a ele a beleza e respeito que merece, as coisas começaram a fluir. Hoje entendo que não vou agradar todo mundo, e que tá tudo bem. Amo o que eu faço e tudo vem do coração, então me considero abençoada por viver isso. O desafio racional cai no financeiro. Sou sozinha e as contas não esperam você se firmar numa nova empreitada. Mas saem também muitos aprendizados dessa situação, cortei muita coisa da minha vida que percebi que não me traziam felicidade, que era só uma forma superficial que achava pra tentar preencher o vazio. Estou me reeducando financeiramente, revendo prioridades e entendendo que tudo tem o seu processo de plantas, esperar e colher.

Tem algum projeto em vista que possa nos adiantar? Fiz uma camiseta bordada que minhas amigas piraram. Quero desenvolver algumas e fazer alguns quadros bordados também. Também escrevi e ilustrei um livro infantil. Já li para um grupo de crianças numa escola, quero visitar mais algumas. A história do livro tem um significado lindo, quero espalhá-lo por aí. Trabalho como ilustradora de livros também, é legal criar a partir da visão e imaginação de outras pessoas, é desafiador e eu gosto disso.

Você leva a sua arte para dentro da casa das pessoas. Como você é isso para você? É a melhor parte de desenhar. Quando me deparo com a reação de algumas pessoas em relação a minha arte, sinto meu coração se encher de felicidade, tenho mais certeza de estar no caminho do meu propósito. Nossa casa é nosso refúgio, e saber que as pessoas, depois de um dia intenso, chegam em casa e se deparam com uma ilustra minha, e que de repente, o dia pode não ter sido muito bom, mas ao olhar pro desenho vem um sentimento que faz bem, nossa pra mim isso já é ter alcançado o sucesso.


Conheça mais o trabalho da Cibele no Instagram e site 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s